Professor Marcos Antônio Marcelino é aprovado em Doutorado na UFG

O professor da Escola Municipal Santa Efigênia é o mais recente Doutorando da rede municipal de Caldas Novas no Programa de Doutorado em Geografia da UFG de Jataí. 

 A pesquisa do docente será sobre um tema que se relaciona integralmente à sua origem da roça. Com o título “Políticas públicas, cooperativismo e resistência camponesa em Goiás”, ele vai dar abrangência ao trabalho de Mestrado, tratando sobre os impactos sociais e ambientais no campo, a partir da chegada do agronegócio no estado de Goiás na década de 1970.

 “Marquim da Marcelânia” como é conhecido, por ter vindo da região rural de Morrinhos do povoado da Marcelânia, que foi fundado por sua família, sentiu a necessidade de migrar para a cidade de Caldas Novas, por falta de perspectivas no meio rural. Enquanto seus irmãos, primos e vizinhos continuam na luta no campo em produzir e comercializar seus produtos, realidade da agricultura familiar no território goiano. Nesse viés o professor pesquisará sobre políticas públicas voltadas à agricultura familiar para defender essa classe trabalhadora que proporciona a segurança alimentar do nosso país. 

 O professor possui além de bagagem empírica e teórica, um farto material que pode servir de estudo técnico para exigências de políticas públicas que assegurem os direitos dos pequenos produtores em Goiás.

 A secretária de educação, Kêila Paula, afirmou que conversou com o professor, parabenizando-o pela sua aprovação, dizendo que quem ganha é toda comunidade escolar. A secretária disse ainda que está entrando em contato com todos os professores da rede que estão buscando qualificação em Mestrado e Doutorado para externar seu apoio e reconhecimento.

 A Secretaria de Educação presta homenagem a este profissional e deseja sucesso em sua mais nobre qualificação.

Editoração: Aldenir Chagas

 Comunicação | Semel | Caldas Novas